Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

Qua | 18.09.19

Viagem pela Costa Italiana - Dia 1 - Nápoles

44105B1F-082A-4408-B108-8E6083FADBCB.jpg

 

Que comece a viagem do ano! 7 dias em Itália, de 4 a 11 de Setembro, onde conhecemos várias cidades e vilas, passámos por diversos sítios diferentes, e que nenhum dos dois conhecia. O intuito desta viagem foi, não só descansar um pouco, mas também conhecer outras cidades. A escolha encontrava-se entre Itália e Grécia. Acabámos por escolher o país das pizzas e massas em prol do dos queijos, molhos e saladas. Pelo menos é esta a ideia que tenho da comida Italiana e Grega...

 

D48AE0BD-ABA3-4C8B-B7F9-5B6F95528A02.JPG

 

Começando pelo início, dia 4 de Setembro apanhámos o avião no Porto em direção a Nápoles. A viagem atrasou-se 25 minutos mas chegou à hora marcada. Mal chegamos a Nápoles fomos buscar o carro que havíamos reservado pela Firefly. Como a ideia era fazer a Costa Italiana, conhecer vários sítios em pouco tempo, este meio de transporte foi a melhor alternativa que encontramos. O carro estava no Aeroporto de Nápoles, no "terminal building", portanto não tínhamos de perder muito tempo em viagens ou a procurar o local. Optamos pelo carro mais barato do site, um Ford Ka, que custou 53,10€ para os 6 dias.

 

0DD032A0-EF6C-4317-8DAF-E734941A5BDE.JPG

Earphones aqui (10% de desconto com o código FFFF-10 + ofertas diferentes semanalmente)

 

Quando saímos do aeroporto tivemos de andar cerca de 250 metros até ao local onde supostamente seria o stand. Mas não era. Apanhamos um pequeno autocarro que estava pronto a encher de pessoas até à zona que tinha os carros, e depois dirigimo-nos para a FireFly, a tal agência por onde reservara o carro. Foi-me dito que necessitava do cartão de crédito para realizar o pagamento. Começava bem... Tentei com cartões de outras pessoas, tentei através de fotografias do cartão... Nada. Tinha de ser um cartão físico... Que não tinha. Fui a outros stands de agências e a conversa era sempre a mesma. Para além disso os preços para alugar carros eram 6, 7 ou 8 vezes mais caros do que aquilo que tinha pensado (e reservado). Portanto acabei por desistir. Uma senhora sugeriu ir a outra loja fora do tal espaço onde aceitavam pagamentos em dinheiro e/ou cartão multibanco. 

 

3D3B7ACB-B3F7-4B6C-975F-9775645C8739.JPG

 

O nome da loja era Frank Autonoleggio Napoli e foi lá que conseguimos arranjar carro. Mas antes disso, quando lá chegámos, a loja estava fechada. Já estava a ficar chateada com a situação. Bati à porta, liguei para o único número que estava na porta várias vezes e nada. Ninguém atendia, ninguém abria. O homem já estava a dizer para apanharmos um autocarro para o hotel e eu a ver outras possibilidades na internet quando aparecem os senhores e abrem o espaço. Foi um alívio tal que não há explicação.

Depois dificilmente se encontra alguém a falar inglês. Falam quase sempre em italiano, não se esforçam muito para falar inglês, e acaba por ser complicada a comunicação se o interlocutor não for bom a italiano. Portanto o Google Tradutor foi o nosso amigo durante muitos momentos da viagem. Tentava explicar em inglês, e quando não percebiam pegava no tradutor e punha em italiano. Para me responderem a mesma coisa. E andámos nisto. Muitas vezes até dizia algo que percebíamos mas para ele perceber... Bem, o carro acabou por ser alugado, o preço foi 6 vezes superior ao que tínhamos reservado antes, mas pelo menos havia carro e forma de o pagar.

 

0A9D80B5-2F10-4EDB-8E02-C3BFA4240166.JPG

 

Aconselho levares o cartão Revolut para este tipo de situações. Eu não tenho mas há na minha família e arrependi-me logo à chegada de não o ter. Para além de ser mais seguro acaba por ser mais prático também, e não nos deixa ficar sempre com o coração nas mãos como eu andava, sempre que me pediam o cartão para o que quer que fosse. 

Para além do carro ainda foi pedida um "depósito" de 250€ caso houvesse algum problema. Percebi depois ao andar na cidade que tínhamos de ter MUITO mas muito cuidado com o carro. O trânsito é um autêntico caos, parece que não há leis nenhumas na estrada e as pessoas também não são propriamente amigáveis. Se não queria ficar sem 250€ tinha de andar extremamente atenta e ser muito cautelosa.

 

6967FEBC-211B-4353-931B-6AC96C1D8E1E.JPG

As ruas eram todas assim...

 

Depois de feita a compra do carro por 7 dias fomos até ao local onde se encontrava a chave do sítio onde íamos ficar. Inicialmente até achava que era um hotel mas só na hora de ver o que tinha reservado é que percebi que não era. Isto porque foram feitas diversas reservas de quartos para estas férias, há vários dias, e já não sabia a quantas andava. Percebemos portanto que não era hotel, através da aplicação Booking, por onde habitualmente faço reservas, e onde está tudo muito bem explicado e organizado. Recomendo imenso a descarregares caso faças viagens com alguma frequência. Organiza as estadias por ordem cronológica para além de mostrar o mapa, a morada, as atrações turísticas à volta, fotografias do hotel/hostel/apartamento, o preço, como foi pago,  o que incluí ou não a estadia, etc. É mesmo muito boa e facilita em muito a vida dos viajantes! 

 

Aproveito para recordar que se vais viajar tenho descontos especiais para ti, nomeadamente 10% de desconto no Booking neste link ou com o código FE110BFE a utilizar na aplicação. 

Se preferires ofereço 30€ no Airbnb na primeira reserva para quem se inscrever no site através deste link, e, posteriormente, 11€ para usar noutra reserva. 

Para criares cartão Revolut, cartão que permite realizar pagamentos com segurança em qualquer país, regista-te aqui, e recebes ainda 5€ depois da primeira compra com o mesmo (válido por tempo limitado).

Para além disso, para te levar ao aeroporto ou passear pela cidade, tens desconto de 5€ na primeira viagem na Uber através do código thgv1mmyue. Se preferires a Bolt utiliza o código D4A94Y para 3€ de desconto imediato. Deves ver sempre a lista atualizada de descontos aqui para saberes se este código ainda está válido no momento que leres o artigo. 

 

Continuando a história, tínhamos de ir buscar a chave ao sítio X e depois o apartamento era no local Y. Quando nos dirigíamos para a primeira morada fomos parados pela polícia. Estávamos a andar há 10 minutos, se tanto. Foi logo a primeira experiência na cidade. Super antipático pediu-nos logo os documentos. Ao homem, que conduzia, e a mim que estava ao lado. Ainda perguntei porquê, visto que não estava a conduzir, isto não fazia sentido nenhum, mas não me respondeu. Pediu também os documentos do carro e posteriormente voltou ao Smart, o carro que alugámos, para pedir os papéis do pagamento do mesmo. Ainda perguntei o que se passava mas não me respondeu. Só disse que havia um problema com o carro. Já não estava a gostar da conversa.

Não havia problema nenhum com o carro obviamente. Estava tudo ok, não entendi como sabia que éramos estrangeiros. Aquilo do carro foi só uma desculpa de certeza. A minha irmã disse-me que por vezes mandavam multas de trânsito para casa quando sabiam que eram estrangeiros, que isso já lhe havia acontecido antes. Acho que não foi isso que aconteceu, caso contrário teria logo dito, certo? Mas nunca se sabe... Depois de longos minutos dentro do Jeep da policia com os nossos documentos, e nós a desesperar dentro do Smart sem perceber nada, outro policia voltou com tudo, a sorrir muito, a dizer que esteve em Portugal no Verão passado, que a água era muito fria e tal. E eu com cara de parva sem perceber nada... Ainda perguntei o que se passava, se estava tudo bem. Ele disse que sim. Ainda ia tentar explicar qualquer coisa em inglês mas pareceu-me que não se lembrava das palavras ou assim, e então disse só que estava tudo bem, que podíamos ir. Mas m-u-i-t-o contente. Eu só estava abismada com a situação... Se diz que é para ir embora vamos embora rapidinho antes que mude de ideias. E lá fomos. Ainda a processar os acontecimentos, ainda sem perceber nada. Mas fomos. 

 

9C8BDFC3-2674-4A65-8AEC-FA52FE4A1C61.JPG

 

Nem 1km depois fomos parados novamente. Eu já estava de telemóvel em punho com o Google Tradutor pronto em Italiano para lhe dizer que tínhamos sido parados agora mesmo por outro colega, quando me lembro de perguntar se falava inglês. Imediatamente o jovem polícia responde que não, e manda-nos embora. Assim. Sem lógica aparente. Da mesma forma que nos mandou parar também nos mandou embora.

 

Lá conseguimos chegar ao sítio da chave do apartamento. Estacionamos logo o carro (vantagens de um Smart) e dirigimo-nos ao local. Mais uma vez foi pedido um depósito de 50€ caso estragássemos algo em casa. Novamente coração nas mãos. Lá fiz o depósito, lá levantamos a chave, lá pagamos a taxa de 2,5€ por pessoa por ficarmos na cidade (isto é só tretas...) e lá fomos embora para o carro. Mal chegamos ao Smart aparece um homem a falar em italiano, está claro, e a pedir dinheiro. Entrei logo no carro. Ainda bati com o telemóvel na porta e parti a pop socket... Tudo a correr bem portanto. Nisto já estávamos na cidade há 3 horas e tal, sem grande coisa no estômago, com imenso calor, vontade de descalçar e tirar a roupa que se colava ao corpo, e ainda nem no apartamento estávamos...

 

D808D1E0-14E0-45CF-95B6-1FE33456C6F5.JPG

 

Mais 20 minutos de trânsito infernal, em que fomos ultrapassados por motas por ambos os lados, onde passar vermelhos devia ser lei, onde andar sem capacete era (provavelmente) obrigatório, onde o mínimo admitido eram três pessoas numa mota (cães também contam), falar ao telemóvel enquanto se conduz em frente à policia parecia não ser problema, e onde a segurança aparentemente não era nenhuma!

 

938B4BFC-B5B7-4603-922D-E0587403ADEB.JPG

 

Como disse acima, antes da viagem fizemos reserva prévia de todos os hotéis, para não haver o problema de não termos sítio para dormir depois ou termos de andar preocupados com isso durante o dia. Acho que é algo que deve sempre ser preparado antes até para ajudar a planear a viagem, a gerir o orçamento disponível, etc. Portanto, ao longo dos vários dias irei mostrar e falar dos sítios onde ficamos, o que gostei mais e menos em cada um, se a localização era boa, se o pequeno-almoço era bom, o preço de cada um, e tudo mais.

 

B1EBC067-6CA3-466C-93E6-E4051FF5D808.JPG

A luz dentro do quarto era péssima já agora

 

Quando chegámos ao apartamento estacionamos logo num pequeno pedaço de estacionamento, com o Smart a salvar a situação mais uma vez. Quando entrámos em "casa" percebemos porque é que só tinha custado 30€.

 

12048AB6-BFA4-4C0F-8779-B5CABE611C5B.JPG

 

Não tinha mais do que 30 metros quadrados, um calor insuportável dentro, um isolamento péssimo, pouca luz, com humidade, não tinha pequeno-almoço incluído e tinha um sofá-cama que afundava, e que só dava para dormir mesmo no meio. Aspetos positivos, não tinha insetos, estava aparentemente limpo, com ar condicionado, e uma vista para o nosso querido carro. Outra coisa boa era que estava perto do centro. Maaas a zona era péssima. Tudo muito degradado, tudo extremamente sujo, não que o resto da cidade fosse mais limpa, porque era igual... Tinha um aspeto péssimo. 

 

9DC3F569-78CA-4687-969F-6232ABF3B9B7.JPG

 

Ficámos uma meia hora no quarto a descansar. Na verdade não fizemos nada durante este primeiro dia, mas os acontecimentos haviam sido todos demasiado stressantes. 

 

81E27D44-01D2-4EEE-A1E2-355657D89FE0.JPG

 

A seguir fomos lanchar e jantar. Já passava das 17:30h e estávamos famintos! Andei a procurar locais para comermos qualquer coisa na aplicação Happy Cow, que uso sempre que quero fazer refeições em cidades que não conheço. Esta aplicação mostra todos os cafés, bares, lojas, mercearias e restaurantes onde é possível comprar produtos vegan, e comer refeições vegan e vegetarianas. É muito fácil de usar e acaba por ser um excelente guia. Infelizmente esta app não contém todos os restaurantes e outros locais de interesse com alternativas veganas, mas já é uma grande ajuda!

 

IMG_9891_Facetune_04-09-2019-22-08-13.jpg

 

Outra app que uso é a Zomato mas em Nápoles não tinha grande coisa disponível. Provavelmente ainda não concluíram a pesquisa dos espaços da cidade. Nesta aplicação é possível ter 25% de desconto na subscrição de todos os packs com o código CGS. Se quiseres aproveita porque compensa imenso! Já agora, deves ver sempre a lista atualizada de descontos aqui para saberes se este código ainda está válido no momento em que lês o artigo. 

 

Voltando ao jantar, ainda pedi umas dicas no Instagram e foi-me sugerida a Pizzaria da Michele que pelos vistos é famosíssima por ter aparecido no filme Comer Orar Amar, que já vi mas que até quero repetir, porque já não me recordo.

 

IMG_2490.jpg

 

A ideia era comer um gelado primeiro. Não estávamos a encontrar nenhum com alternativas vegan. A menos de 500 metros do restaurante passámos por uma gelataria, chamada Il Gelato Mannella, entrámos e tinha! Optei pelo de figo e pêssego, havendo ainda outras três frutas disponíveis. Fomos a comer pelo caminho. O nosso pré jantar ficou em cerca de 6€.

 

29E77270-98B2-4150-B222-742A6453F7C0.JPG

 

Chegámos ao sítio para jantar, que era a menos de 1km de casa, e tirei senha. Éramos o 65 às 19h da tarde. Provavelmente era a primeira ou segunda ronda do jantar, e a zona envolvente já estava a maior confusão. O restaurante cheirava muito bem! Parecia pequeno mas só quando lá entrei é que percebi que tinha mais salas. Perguntei ao senhor das senhas quanto tempo achava que demorava até ao nosso número. Disse que pelo menos 30 minutos. Estava a achar tudo muito rápido tendo em conta que estava no número 37, mas lá confiei. Fomos dar uma volta. Encontrámos um supermercado, o primeiro que vimos, tirámos umas fotografias na zona e voltámos ao local. Já tinham passado quase 40 minutos quando chegámos. Ainda fui ver uma loja mesmo ao lado do restaurante, onde comprei um lindo vestido por 10€.

 

Lá voltei ao restaurante, perguntei em que número estava e... 55. Claro que 30 números não se faziam em 30 minutos. Tivemos de esperar mais 20 minutos e lá fomos chamados. O senhor das senhas vem à porta e berra o número em italiano primeiro e depois em inglês. Entrámos, sentámo-nos numa mesa indicada por outro senhor com mais 6 miúdas, e foi-nos colocado logo à frente 2 copos de plástico.

 

16B10DAC-4E70-4FF9-B159-69FFBBD057A6.JPG

 

Perguntou-nos se queríamos Margheritas, disse que queria uma pizza sem queijo e ele lá disse um nome qualquer e foi-se embora. Passado um bocado chega outro senhor a perguntar se queríamos água ou coca-cola. O homem pediu uma coca-cola, eu disse que queria uma água. Perguntou se queria grande. Disse que queria pequena. Respondeu que só grande. Então disse que não queria. Não se entende como não vendem águas pequenas. Se as coca-colas são pequenas e se as cervejas que muitas pessoas tinham eram pequenas também, porque não ter águas que não de 1,5l? Mas tudo bem. Lá dei dois mini golinhos na coca-cola dele, que também não queria estar a beber. Quando veio a pizza pôs-me à frente a que tinha queijo. Disse que não queria com queijo, que tinha pedido sem. O senhor disse logo que ali eram todas com duplo queijo. Portanto não percebeu nada do que disse... Lá repeti. Tirou-me da frente e deu ao homem que de imediato começou a comer.

 

F30E2B1B-315B-4855-A3CC-0F25E0A59FD6.JPG

 

A minha ainda demorou uns 3 minutos. Quando veio estava super queimada à volta e por baixo. Sabia muito a queimado, e mesmo para mim que gosto de coisas mais para o tostado, achei um absurdo. Estava cheia de fome portanto fui comendo a parte de dentro. Meia pizza foi desaparecendo aos poucos. Ainda dei 1/4 ao homem mas ele disse que a dele era muito melhor e que a minha estava queimadíssima. Portanto ainda sobrou pizza. A refeição até foi barata, 12,5€, ou 13€ vá, que no final o senhor que nos atendeu pediu gorjeta, e claro que o meu santo homem deu...

 

31411309-7CDA-499A-8CB7-499DFCDCFE1E.jpg

 

Voltámos para casa e tentamos descansar. Mas o barulho na rua era tanto que era complicado dormir... Além do mais estava um calor no quarto... Às 5:30h já estava acordada e um novo dia começava em breve...

 

Já podes ver o vídeo aqui abaixo.

4 comentários

Comentar post