Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

Dom | 17.10.21

Viagem pela Costa Francesa (Côte D´Azur) - Parte II

52691A7D-4D96-449E-ADD6-DAE37A77C07C (1).JPG

 

Voltando à viagem, depois de Marselha seguiu-se Saint Tropez, onde jantámos. O restaurante no centro era giro (e caro). Foi o tal da água a 10€... Comi uma massa com molho de tomate, o namorado uma pizza margherita e foi só. A conta ultrapassou os 45€... Super exagerado. Para estacionar é complicado, pelo menos em Setembro. Acredito que Julho e Agosto seja ainda pior. Saint Tropez é uma pequena cidade, uma espécie de Cascais, cheia de lojas muito boas e com um porto incrível!

 

174E8EEB-232C-4606-BD16-6D06B7A31909.JPG

 

Grande parte dos barcos que lá estão são mais caros que a maioria das casas de qualquer um de nós. Carros cujo valor se encontrava acima dos 6 dígitos também não faltavam, e as pessoas na sua maioria estavam bem vestidas à noite, mesmo não havendo qualquer evento. Já durante o dia encontrámos pessoas com um look mais descontraído, mas sempre com boas malas e sapatos.

 

59963D60-0E45-459E-9B89-93BE39439A7B.JPG

 

Outra coisa relevante, os parques em Saint Tropez são bem caros. Deixámos o nosso Fiat num perto do certo onde jantámos, e por pouco mais de 2 horas pagámos 7,5€. Eu disse que era tudo caro... 

 

3615053D-F813-4F6C-8758-633FE3AC4906.JPG

 

A dormida não foi nesta cidade mas a 15km, em Sainte Maxime, que de noite se faz em 15 minutos mas de manhã pode demorar duas horas e meia, como aconteceu connosco.

 

A3A3BB1D-A643-4AD1-AB10-0106D07E6964.JPG

 

O hotel em Sainte Maxime foi o que menos gostei. Era de 3 estrelas mas parecia de duas. Não é que fosse mau. Até tinha uma entrada gira e tudo, mas os quartos não eram tão bons nem tão bonitos quanto pareciam no Booking. Ficámos no Best Western Hotel Matisse, e se agora fores ver os preços até estão mais elevados do que o que pagámos na altura, de qualquer forma não compensou o valor.

 

BFB08DB9-E153-4A0E-81EC-B01B752A03FF.JPG

 

Nem todo o pessoal da cidade falava inglês e também não se esforçava muito. Quando não percebiam algo repetiam em francês o que haviam dito... Aconteceu isso no primeiro hotel e noutros sítios, nomeadamente parques de estacionamento, onde ao pagar o cartão, que nunca funcionava, era necessário ir falar com o senhor responsável pelo local e este expressava-se mais por língua gestual do que por palavras. 

 

C06AC12A-F468-4609-9EF6-80880794DA13.JPG

 

Apartes à parte, gosto de ir contando estes pequenos pormenores por dois motivos, primeiro para no futuro se quiser vir ler o que achei da viagem na altura me recordar destas coisinhas sem importância para o comum dos mortais, mas, sobretudo, para quem quer ter uma aventura do género estar preparado para estes precalços que podem ser evitados ou, mais não seja, ir informado, e, caso aconteça algo semelhante, não seja propriamente surpresa.

 

553361C0-C325-46BF-9B59-1C3D4B2AC23A.JPG

 

A-d-i-a-n-t-e. Não estivemos muito tempo em Saint Maxime e o que vimos também foi de passagem no carro, mas pareceu-me uma zona calma, tipo Saint Tropez, mas menos bonito. 

 

548BAF42-91C4-41FD-BAFB-C4594F33CA0C.JPG

 

Passámos a Terça-feira de manhã no carro até Saint Tropez, e depois de mais um passeio na zona, fomos até Cannes. Cerca de 70km depois, e quase mais duas horas no trânsito, demos uma volta pela cidade e fomos ao hotel tomar banho e deixar as mochilas.

 

4218ADA2-428A-4722-8F3F-50989134CD93 (1).JPG

 

Nesta caso ficámos no Hôtel Simone Cannes Center, cujo preço era praticamente o mesmo da noite anterior, no entanto o quarto tinha um ar mais moderno e estava melhor localizado, mesmo no centro da cidade de Cannes. Deu para ir a pé jantar, o carro ficou num parque coberto, mesmo ao lado, a 30 metros, cujo preço era de 25€ por dia (carooooooo), mas pelo menos estava protegido. 

 

81B8DB81-198F-4E70-AB31-534220C43C57.JPG

 

Em Cannes gostei sobretudo da parte junto ao mar. Estivemos na praia, a única em 5 dias, até porque o tempo não estava convidativo na maior parte da semana e também não havia praias aqui e ali como em Ibiza (e como eu esperava que houvesse). Esse é um ponto que até posso referir. Não sei se a culpa foi minha porque fui mal preparada e com expectativas de algo que não existia, ou se efetivamente não há praias como cogumelos na Côte D´Azur.

 

D8BCA169-1151-45B4-9FD9-D8D8CA6173ED.JPG

 

A ideia que tinha era que a costa era quase toda praia, que não era. Na terceira semana de Setembro apesar de não estar frio chovia, e lá se foi a vontade e, pior, a possibilidade de ir para a praia. A de Cannes não era a melhor onde estive mas estava-se muito bem. Tinha gelatarias do outro lado da estrada e lojas de Gucci a Armani, passando por mais umas boas dezenas. 

 

DE5DE607-623D-45CA-8343-0D52C7EC1D04.JPG

 

2 ou 3 hotéis beeeem bonitos faziam parte da paisagem e maquinões de quatro rodas também. Havia muita gente a fazer compras, e sempre que via um saquinho do tamanho de um livro significava que uma pipa de massa tinha sido gasta em determinada loja. O Casino também é algo que se vê muito bem de fora, até porque é gigante, e o local onde se faz o Festival de Cannes também é paragem obrigatória. Não é nada de espetacular mas tem a palma de Cannes no chão, que ainda é o que vale a pena ver.

 

FFD56B6E-C8B6-4DB2-BA71-D60A947DDFD7.JPG

 

A comida em Cannes foi mais do mesmo, massa para os dois. Para mim com molho de tomate e uns legumes salteados e para ele com amêijoas. Tinha ótimo aspeto, cheirava lindamente e no restaurante onde fomos ainda tivemos direito a pão, azeite e vinagre balsâmico, e daqueles palitos que alguns restaurantes italianos oferecem, que sabem a nada mas que comemos sempre. As bebidas já não batiam os 10€ mas não eram baratas. De qualquer modo para tudo que tivemos direito o preço nem foi tão caro. Cerca de 37€ sem sobremesa nem café.

 

F318EF03-E739-4AB6-81DF-F10F792063E5 (1).JPG

 

Ah, aproveito para dizer já que tudo que foi restaurante italiano que servia massas com amêijoas ou outros pratos similares eram muito mal servidos em termos de marisco. A parte da massa era ok, a parte do peixe era fracota, sendo que o preço dava a entender que a quantidade era ligeiramente maior. 

 

F43CB84F-2396-4B83-A2AB-34FF618D1509.JPG

 

E falo de restaurantes italianos porque foi onde fomos a maioria das vezes. Não era fácil encontrar comida para mim mas nos restaurantes italianos havia quase sempre o prato de esparguete com tomate, que comi umas três ou quatro vezes nesta viagem e também em Ibiza.

 

C9F545A3-EAFA-4ED1-A11B-201F1FE1D8D7.JPG

 

Se tiveres restrições alimentares aproveita para fazer uma pesquisa antes para não ires em vão a locais que depois não dão. Eu faço sempre essa pesquisa mas depois acabo por não ir a todos os sítios em questão porque não estou perto no momento da refeição ou porque acabo por encontrar algo antes.

 

CCEC600C-5B4E-4441-864D-B3B24050F1A7.JPG

 

No dia seguinte fomos para Nice onde dormimos duas noites no mesmo hotel. Este chamava-se So´Co by Happyculture e era o primeiro dos três seguidos que existiam na mesma rua. Foi o mais em conta dos três e mesmo assim chegou aos 90€. Apesar de bem localizado estava a quase 2km da zona mais central. Como Nice é uma cidade muuuuiiitooo grande acabámos por usar sempre o carro para ir jantar.

 

CFF8C9F6-F4CC-4067-986E-D2B2ECCF3382.JPG

 

Gostei de Nice. Era uma cidade mais simples e mais normal também. Podia ser o Porto ou Braga. Tinha zonas bem bonitas no centro e muito por explorar. Tal como Marselha dois dias ali só a ver a cidade não chegavam para ficar com uma noção da mesma. Não consigo aconselhar muito porque fomos vendo várias coisas de carro, outras zonas a pé, mas em termos de nomes só me recordo do porto, que é giro, e de um miradouro que dava para a praia e para ver um pouco da cidade.

 

9960F234-1928-44F5-908A-0902C3BFFB41 (1).JPG

 

Vale a pena ir a ambos. Também uma das praças principais é gira de ver. Chama-se Praça Massena. Mas há outras zonas cheias de beleza. É uma questão de fazeres uma pesquisa porque encontras imensos locais visitáveis.

 

364A5D44-4571-449D-82BA-CF1103926BCF.JPG

 

No penúltimo dia, Quinta-feira, aproveitámos que não estava mau tempo e fomos ao Mónaco, onde almoçámos. Ainda não tinha referido mas sempre que andávamos na autoestrada tínhamos de pagar portagens. Os valores variavam entre os 70 cêntimos e os 5€.

 

E9D78209-40A9-447F-BE52-7010465D60C7 (1).JPG

 

Já no Mónaco demos uma boaaaa volta de carro. O principado é pequenino e vê-se rapidamente, mas com o trânsito que a cidade tinha demorávamos mais do que o suposto a ir de uma ponta à outra. Como estava calor e eu estava extramente cansada da perna sugeri a volta de carro para ficarmos com uma noção do Mónaco e depois sim estacionar e ir a pé apenas onde quiséssemos realmente. 

 

E83AB754-6C4C-44A6-AF53-EB12EB260C8F.JPG

 

Do Mónaco gostei muito do quarteirão do Casino e da sua envolvência. Há uns apartamentos lindíssimos ao lado, um hotel bem bonito mesmo em frente e um parque que merece uma visita ali também. Em frente ao Casino é possível estacionar no parque subterrâneo mas estava cheio. Ah e deve ser dos mais caros da zona. Os parques de estacionamento são quase todos underground e muitos deles estavam completos ou praticamente. Já agora prepara-te para deixar mais uma pequena fortuna neles.

 

EABC2B11-5C07-471B-81E7-3757CF23255D.JPG

 

O almoço tinha de ser num restaurante porque eu já não aguentava mais almoçar fruta, frutos secos e croissants. Tinha o estômago a doer e com fome de comida verdadadeira. Fomos a um local que eu havia visto previamente onde era possível encontrar comida quentinha e bowls frias. Tofu fumado, batatas assadas, couscous, legumes cozidos, lentilhas,... Havia um bocadinho de tudo e, finalmente, comemos algo parecido com o que estou habituada em casa, depois de quase duas semanas a comer massas e coisas doces.

 

E0E23327-FBD6-4A49-9DBA-479EBF82F250 (2).JPG

 

Este artigo já se está a alongar mas estou quase a terminar!

 

5697D0E1-D543-4EA8-9DF5-096C2A80AE88.JPG

 

Acabámos por voltar mais cedo do que o previsto para Nice uma vez que o Mónaco já estava check.

 

53DFAC73-46E6-4453-8B5D-5918CF2A7024.JPG

 

Em Nice demos mais uma voltinha de carro e fomos para o hotel descansar um pouco. Apesar de estarmos de férias já estávamos bem cansados. Caminhámos imenso todos os dias ao longo dos últimos 11 dias, quase sempre sob mais de 26 graus, e isso também contribuía para o nosso grau de exaustão. Além do mais as minhas pernas cansadíssimas não ajudavam.

 

50BE46FE-E2F2-4998-AD1F-673050EDD82F.JPG

 

Um bom banho e um jantar logo de seguida foi o menu de Quinta-feira à noite.

 

35994D21-52E2-4263-B6A0-CB7DC49D5B1E.JPG

 

No último dia de viagem aproveitámos para ir fazendo a costa até Marselha aos poucos em vez de tudo de seguida. Tomámos o pequeno-almoço em Nice e fomos até Saint Paul de Vence, uma viloca pitoresca dentro de um forte, que nos havia sido recomendada por amigos. Era uma espécie de Óbidos que se viu em menos de uma hora. É um sítio giro e romântico para ir visitar mas não tem nada para fazer.

 

1F4A8218-2F81-46C1-9B56-D376134F0A7B.JPG

 

A segunda paragem foi Saint Tropez onde resolvemos almoçar. Como o voo era só às 22 horas tínhamos tempo para muito. Mais uma pratada de massa e um hambúrguer, e menos 55€ na conta.

 

3ADA28C5-2632-45AE-A4E7-2054C96328B9.JPG

 

A seguir ao almoço voltámos ao nosso Fiat 500 e fomos até Cassis. Infelizmente só tínhamos uma hora para estar lá mas se soubéssemos que iria ser tão giro organizávamos o dia de forma a almoçar na zona e passar a tarde ali. Trata-se de uma região muito bonita, com montanhas à volta, um porto e uma bela praia. Mas ao mesmo tempo tem imenso movimento, lojinhas e restaurantes com vista para os barcos, que dão um ar super amoroso e acolhedor à província.

 

6D823308-2F91-4F2D-A106-35E405424E31.JPG

 

Por fim dirigimo-nos até Marselha onde jantámos. Passámos pela Catedral de Marselha que era muito perto do restaurante onde iríamos jantar por volta das 19h e que, já agora, era ótimo! Só tinha hambúrgueres veganos e funcionava de forma rápida, exatamente aquilo que precisávamos naquele momento. Convinha estar no aeroporto por volta das 21 horas e ainda tínhamos quase 30 quilómetros até ao mesmo e um depósito de gasolina para encher.

 

02AA65AC-9D53-4959-BB61-0D114985635F.JPG

 

No que respeita ao jantar estava ótimo. Relativamente à gasolina tentar pôr fora da cidade já que no momento temporal em que nos encontrávamos o litro de gasolina chegava aos 1,95€ em certos locais...

 

FD915B0D-3C40-4EDB-A52A-93E655004737.JPG

 

Já no aeroporto deixámos o carro na agência e fomos até ao terminal 2 onde se encontrava o nosso avião. Encontrava se não tivesse chegado quase uma hora atrasado. 

 

AF352D38-6A4B-4678-A8DB-DFCFCB082B4F.JPG

 

Sim, foi uma boa hora de espera dentro de uma sala com mais uma centena e tal de pessoas a tossir, a comer e a respeitar tudo menos as regras de distanciamento social e de máscaras usadas corretamente.

 

57B895EE-D4B4-4D1C-9A2B-22EE2255DB7E.JPG

 

Sem dúvida que este foi um ponto bem negativo do dia. Já estávamos super cansados, cheios de vontade de chegar a casa e ainda ficámos retidos no aeroporto um tempão.

Quanto à viagem de avião em si correu bem e quaaaase adormeci várias vezes, o que foi ótimo para passar o tempo também.

 

E729A9F4-C96F-4F28-B314-F60DC7C3FDD1.JPG

 

Mais um ponto negativo da viagem, ou que mudaria caso voltasse a repeti-la, teria a ver com a meteorologia. Tentaria ir na primeira semana de Setembro e não na terceira, para não apanhar chuva. Não é algo que se consiga propriamente controlar, mas teria esse aspeto em atenção. 

 

F86BF518-2D73-4488-BE64-BEA708E1365C.JPG

 

Faltou apenas deixar o registo de que no momento temporal em questão foi necessário realizar teste antigénico na farmácia de modo a poder voar para Portugal. À ida tinha o teste feito em Ibiza ainda válido mas para voltar tive de fazer um na Quinta-feira de modo a apanhar o avião na Sexta. Caso tenhas certificado não precisas de fazer teste, mas como não estava vacinada na altura tive de o fazer. O valor do teste numa farmácia no Mónaco foi de quase 28€, era válido por 48 horas e, claro, aceite no aeroporto para embarcar.

 

A2876729-BE1E-4636-87EF-F5CE2883890F.JPG

 

Caso queiras deixar o teu depoimento se tiveres feito esta viagem ou ido a algum dos locais fica sabendo que o podes deixar, e que leio tu-do que fica na caixa de comentários, que se encontra abaixo. Se tiveres alguma questão também a podes fazer abaixo ou no Instagram.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.