Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

Seg | 20.05.19

The disappearance of Madeleine McCann, a série

tbnarctoicy-960x540.jpg

 

Foi em 2007 que Madeleine McCann desapareceu. Apercebi-me quando via a série que já se passaram quase 12 anos. 12 anos! E neste tempo todo nada de Maddie... Apesar de ter andado sempre a par da situação, porque foi algo bastante mediático, porque não parava de passar na televisão, porque era o assunto do momento e na altura ainda via bastante televisão, por isso estava super em cima do assunto, houve algumas coisas que não me lembrava e que relembrei, que podem fazer toda diferença na opinião pública. Na altura tinha ficado com a sensação que os pais eram culpados, principalmente no primeiro ano de investigação. Estava super convicta que tinham sido eles e que a menina estaria morta. No entanto, depois de ver o documentário/série, e de recordar algumas coisas, lembrei-me que não, que afinal não era isso que pensava e que a minha opinião se havia alterado passado 2 ou 3 anos. Na altura já estava convencida que a menina tinha sido mesmo raptada como os pais diziam. E hoje em dia mantenho essa opinião. Por vários motivos.

Porque foram avistados homens perto da casa em que os McCann estavam hospedados em 2007, também por ter sido feita uma reserva no restaurante para os casais que se encontravam no Algarve e o dono do mesmo ter escrito que o motivo pelo qual estava a fazer a reserva, algo não habitual, seria porque as crianças estavam sozinhas em casa e que os apartamentos eram ali ao lado, e também por causa de uma rede de pedofilia que existe na zona. Estes 8 episódios fizeram-me recordar o que aconteceu há 11 anos e deixaram-me, de certa forma, triste, por continuar tudo igual, e por ainda não se saber o paradeiro de Maddie.

Madeleine não foi e certamente não será a única criança desaparecida em Portugal e isso também foi referido na série. Muitas outras desapareceram e até hoje não foram encontradas. Com todo o desenvolvimento tecnológico e humano é triste que isto ainda aconteça hoje em dia e que este tipo de situação não seja resolvida. Espero um dia poder vir aqui escrever não sobre a série do desaparecimento de uma criança mas acerca do regresso da mesma. 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.