Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

Seg | 17.06.19

O Caminho Inca para Machu Picchu

Os caminhos sagrados do Império Inca, em especial o caminho para Machu Picchu, encantam pessoas de todas as idades. O caminho Inca, mais conhecido como “Caminho a Machu Picchu”, é uma viagem no tempo pelo vale do rio Urubamba, entre ruínas, e pelas povoações de Cuzco, no Peru. 

 

Mas passo a apresentar este povo. Os Incas foram pioneiros na cozinha molecular através da transformação química dos produtos da terra, como a desidratação da batata. Foram também arquitectos, engenheiros civis e hidráulicos e designers. Multiplicadores da inspiração dos conhecimentos acumulados pelos povos precedentes para construir os seus templos, criar cidades e projectar as políticas de Estado a fim de satisfazer as necessidades da população, construíram quase 40.000 quilómetros de estradas para ligar os mais longínquos recantos do seu vasto Império até a capital, Cusco. 

 

Descoberta por acaso em 1901, Machu Picchu era uma cidade sagrada, e hoje é um dos mais importantes sítios arqueológicos do Mundo. É possível chegar lá de autocarro ou comboio, mas é mais giro seguir as pegadas incas, e perdermo-nos nos Andes (salvo seja), e depois de 4 dias e 43 km conquistar Machu Picchu ao nascer do sol.  

 

Macchupicchu.jpg

Imagem retirada do Google

 

 

O caminho Inca clássico foi restrito pelo Governo do Peru a 500 pessoas por dia, incluindo guias. A licença para visitar é obtida nas agências de turismo certificadas,  mas apenas entre Junho e Agosto. Embora Machu Picchu esteja aberto o ano inteiro, o caminho clássico está fechado para manutenção no mês de Fevereiro. De qualquer modo existem outros caminhos que vão dar a Machu Picchu por percursos alternativos, tal como Salkantay ou Lares. 

 

Pode-se conseguir um tour para essas trilhas nas agências de Cusco, que fica bem mais barato quando comprado no Peru, e também têm algumas ruínas incas no caminho.

O caminho Inca foi considerada o melhor da América do Sul. É um percurso de 43 quilómetros através de antigas trilhas incas para Machu Picchu. 

 

grau-de-dificuldade-trilha-inca.jpg

Imagem retirada do Google

 

A duração do passeio é de 4 dias e 3 noites, onde os turistas têm oportunidade de apreciar a beleza dos locais arqueológicos, incluindo umas das 7 Maravilhas do Mundo. Esta Trilha foi mostrada ao mundo em 1915, quando foi escavada na cidade inca. Três décadas depois, a rota foi traçada pela expedição Viking em 1942. Hoje, milhares de visitantes decidem viajar os 43 quilómetros até a Porta do Sol em Machu Picchu.  
No entanto, Machu Picchu não é o único sítio arqueológico que é possível ver na Trilha Inca. No passeio, também é possível apreciar as ruínas de Llactapata, o sítio arqueológico de Runkurakay, Saycamarca, Phuyupatamarca e Wiñaywayna.

A trilha tem vários declives e são poucas zonas planas. No segundo dia de viagem, sobem-se 1200m através de degraus num campo aberto que se encontra num terreno cheio de pedras, até chegar ao Dead Woman Pass, o ponto mais alto da trilha.

O caminho inca para Machu Picchu pode apresentar mais dificuldades do que qualquer outro. Quando se fala dos níveis de dificuldade das caminhadas, dificuldades técnicas, estas podem ser médias, moderadas ou altas. Contudo, cada caminhada depende de cada um.  

 

3-trilha-inca-1.jpg

Imagem retirada do Google

 

Em primeiro lugar, o estado físico é bastante importante nesse percurso, sendo que problemas de excesso de peso, e/ou problemas nos joelhos, não ajudam. O ideal é ter uma alimentação saudável, não beber, não fumar e praticar actividade física regularmente. Isso fará com que a caminhada seja mais fácil.


Em segundo e último lugar, a preparação para a trilha é um desafio da natureza. Com mudanças de altitudes, caminhos inclinados, descidas abruptas, muitos degraus, etc. 

 

Se te estiveste a preparar para a caminhada com exercício regular, se leste sobre como fazer uma caminhada longa, certamente saberás como enfrentar o desafio chamado “Caminho Inca Machu Picchu” e, sobretudo, desfrutarás do início ao fim. Mas primeiro o que tem de se  fazer é tomar A decisão de ir.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.