Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

Qui | 16.08.18

Maiores erros que não deixam emagrecer

Em primeiro lugar vamos definir emagrecer, porque há sempre confusão neste assunto do emagrecer e do perder peso. Emagrecer pode ser aumentar peso e perder peso até pode ser engordar. 

Complicado? É só pensar nas palavras. Perder peso é perder peso na balança. Por exemplo, uma pessoa tinha 78kg e agora tem 75kg perdeu peso. Mas emagreceu? Não sei. Não temos dados suficientes para o dizer.

Emagrecer é perder gordura, pode ser passar dos 78kg para os 75kg ou dos 78kg para os 84kg. Posso dizer que quando tinha 51kg aos meus 22 anos era mais gorda do que sou agora com  58/59/60kg. Foram 7/8/9kg que aumentei mas que emagreci.

Basicamente é isto.

 

IMG_5107.jpg

 

E que erros podemos apontar para quem quer emagrecer e não consegue?

Antes de mais posso dizer que isto são erros gerais. Até podem não cometer nenhum deles ou apenas um e não conseguir emagrecer. Ou podem fazer tudo ao contrário e emagrecer facilmente. Mas não existe outra forma de responder a isto que não seja generalizando, senão nunca mais terminávamos o artigo.

 

Para começar, um dos mais importantes, passa por não beberem água. Esqueçam os sumos, mesmo de fruta (mas se estiverem em dúvida entre sumos naturais de fruta ou um refrigerante clarooo que é melhor o sumo), porque são 100% açúcar. É verdade. 

Um dos maiores erros de sempre passa por não beber água, mas enfrascarmo-nos em sumos de fruta, porque são de fruta e porque a fruta faz bem. É verdade que faz bem, mas prefiram os smoothies, ou batidos se preferirem assim, onde a fruta é toda aproveitada, e onde têm a fibra, que os sumos não têm.

Um sumo de laranja passa por pegar na laranja e espremer. Claro que podemos fazer o mesmo a uma cenoura, colocando-a num centrifugador, juntar ao sumo da laranja e já está. Também faço isso às vezes, e é muito bom. Mas se tivermos preocupados com o facto de não conseguirmos emagrecer convém rever estas pequenas coisas.

 

Um smoothie com laranja passa por pegar na laranja e coloca-la no liquidificador ou robot de cozinha que sirva para isso, podendo adicionar bebida vegetal, proteína, água de coco, água, outras frutas,... 

Ou seja, um batido é muito mais saudável, não nos vai elevar o índice glicémico nem deixar cheios de vontade de comer açúcar passado 1 ou 2 horas, por causa da fibra e de todos os nutrientes que a bebida contém, e ainda vai saciar por muito mais tempo.

Encontram aqui várias receitas de sumos e batidos (mais batidos confesso porque também gosto mais).

 

Voltando ao foco, a água. Se puderem beber água tooodoosss osss dias vão ver que ajuda a baixar a massa gorda.

 

042F85AF-410D-483F-964E-B6A647E5B690.JPG

 

Em segundo lugar não comer de forma saudável é outro erro. Não é cliché, é a sério e faz uma enorme diferença. Experimentem comer bem durante 3 semanas. Por "bem" entende-se 4/5 refeições pelo menos, ingerir legumes pelo menos ao almoço e jantar, e não falo de uma folha de alface, legumes mesmo, uma porção boa (devia ser mais mas temos de começar por algum lado), salteados, assados, em puré, cozidos, o que vos apetecer.

 

Comam legumes! Quando como fora o que mais tenho saudades de comer são legumes porque nem sempre há algo em condições. Façam-nos de formas diferentes, incluam no arroz, misturem no puré de batata, juntem à massa, experimentem fazer hambúrgueres, croquetes ou bolinhas com eles,... Já sabem, é criar, inventar, ver as receitas que aqui partilho que são mais que muitas, essas coisas que já sabem.

 

Ingerir imensa porcaria. Deixar de lado o açúcar e sal refinado, e se tiver meeesmooo de se incluir um açúcar prefiram açúcar de coco que tem mais nutrientes que o açúcar branco, o xilitol, com baixo índice glicémico ou a fruta. Se esmagarem uma banana ou fizerem um puré de maçã assada têm logo o vosso açúcar natural ali à disposição.

 

Por falar em coisas a deixar, a farinha branca, aquela de trigo sim e o fermento de padeiro. Outro erro é utilizar isto na alimentação. Faz uma diferença enorme no inchaço, na retenção de líquidos e contribui para engordar e não emagrecer. O mesmo se aplica ao açúcar e sal que falei acima. Além do mais não contribui em nada para a nossa saúde, não tem nutrientes decentes, etc.

A pior parte é que encontram estes quatro em: bolos, pães, bolachas, tostas e quase todos os produtos vendidos em pacotes. Batatas fritas por exemplo.

 

Optem por farinhas melhores, tal como farinha de grão de bico/castanha/quinoa/aveia/coco/trigo sarraceno/arroz/tapioca/milho/millet (aproveitem o desconto de 10% na Prozis em todas as compras).

 

E relativamente a fermentos e pós que ajudem a aumentar bolos, a dar consistência poderão usar agar agarbicarbonato de sódio e goma de xantana.

 

 

7ADE646A-F3BC-4628-BA5D-638117011C1E.JPG 

E já que falo em batatas fritas de pacote posso dizer que há alguns óleos e manteigas que são 100% dispensáveis da nossa vida e que imensa gente usa achando estar a fazer muito bem. Óleo de colza, óleo de girassol, óleo de amendoim, óleo de milho, óleo de palma, óleo de soja, banha de porco (alguém come isto ainda???) margarinas e manteigas no geral.

Não precisam, acreditem no que vos digo que é rara, raríssima a vez que ponho na boca um produto com um óleo destes. Desde que sou vegan já nem falo das manteigas, mas quando era ovolactovegetariana ainda comi algumas porcarias com manteiga, tipo bolos, refeições congeladas e bolachas, porque na verdade os "podia comer" (agora também posso, só não quero porque não faz parte do meu estilo nem filosofia de vida. Até posso mudar um dia, mas não vai deixar de ser algo que faça mal e que seja 100% dispensável da nossa mesa).

Optem pelo azeite, óleo de coco, óleo de abacate, óleo de linhaça, óleo de misturas de sementes, e se tiverem mesmo de usar manteiga optem pelas vegetais, não são boooaaas, mas não são tão más.

 

IMG_8945_Facetune_16-06-2018-13-58-24.JPG

 

Esqueçam o álcool que só atrapalha a vida (grande erro esse), seja o objectivo qual for, não faz bem, não serve para nada além de nos divertirmos um pouco no momento, e estarmos mal dispostos, sem energia, e com dores no dia seguinte.

 

Não treinar. Mexam-se!! Já nem digo 6 ou 7 dias por semana, mas 4 ou 5. Não custa nada afastar o sofá, fazer uns abdominais, meia dúzia de agachamento, umas quantas flexões, uns saltos à corda, subir para a cadeira e descer com um garrafão de água de cada lado ou com uma coisa qualquer pesada noa braços, andar a correr à volta de casa e/ou subir e descer a escadaria do prédio três ou quatro vezes. Em 20 minutos despacham a coisa. Aos fins de semana podem dar uma caminhada de uma hora na praia, ir passear os cães, dar uma limpeza geral à casa, coisas que ponham a mexer. Vão ver que passado um mês estão muito mais confiantes, mais resistentes, o corpo vai começar a responder melhor a estímulos, o stress vai aliviar, a saúde vai aumentar,... tudo de bom!!

 

BCE5E9C6-CBFE-49E1-BA51-AC05CE98F571.JPG

 

Já falamos no essencial do que não comer, mas o que devemos fazer mais para ver o nosso corpo com menos gordura?

 

Ingerir hidratos de carbono de boa qualidade. Ou seja, esqueçam as tais batatas fritas, as refeições pré-feitas do supermercado (só em caso de emergência), e coisas do género cheios de tudo referido anteriormente.

Vejam este artigo onde encontram as melhores fontes de hidratos de carbono. As que devem ter em casa, as que devem de facto consumir. As que em quantidades NORMAIS fazem bem. Não estou portanto a dizer que comer um pacote de massa ao jantar emagrece. Pode acontecer com certas pessoas de facto, mas o normal não é isso.

 

O mesmo se aplica à proteína. Se comerem proteína em todas as refeições, seja um ovo, um queijo fresco, um scoop de proteína, um bife, um naco de seitan, um tofu mexido, umas panquecas proteicas, um bolo com proteína adicionada, snacks de soja, barrinhas proteicas, qualquer coisa com o menos número de ingredientes possível, e com uma confecção simples.

 

FEE36B8E-92A2-461A-B6F4-9A5DFA2FA20C.JPG

  

Relativamente à gordura, já sugeri algumas fontes boas acima, mas podem aumentar a lista um pouco. Frutos secos, manteigas dos mesmos, sementes e abacate, as minhas fontes de gordura favoritas, devem estar sempre presentes. Mas e como é que isso se come? Simples.

 

O abacate podem comer como guacamole, podem usar para barrar um pão de boa qualidade, umas tostas, para acompanhar uma receita qualquer, para juntar à massa e ter um molho cremoso, para fazer sopa, quente ou fria,...

 

Os frutos secos é mais complicado porque servem para tudo na verdade. Topping de saladas, complemento de pratos, para juntar à sopa, aos batidos, em cima ou dentro, para comer como snack (tenho sempre uma caixinha comigo e outra no carro, para verem a minha dependência ah ah ah), para fazer barrinhas, brownies, bases de tartes, molhos, bebidas vegetais, iogurtes vegetais, croquetes, hambúrgueres, serve para fazer farinha e temos matéria prima para uma base de pizza,... bem aplicações infinitas e aqui têm todas as receitas onde os incluí. 

 

Por fim, as sementes uso essencialmente para fazer farinha (que dá para fazer qualquer coisa), como topping de tudo (batidos, comida, sopa, queijos, gelado), para fazer pudins (no caso das sementes de chia) e para fazer o ovo vegano (no caso das sementes de linhaça e de chia, ambas servem).

 

30AD890B-EDC0-439D-ACD5-144459D0F707.JPG

 

Aqui têm um essencial bem aprofundado do básico a retirar e a introduzir no dia-a-dia.

 

Já agora, poderão tentar ter horários regulares para as refeições, e não saltar nenhuma. Isto também vai ajudar! O contrário pode prejudicar e muito o emagrecimento.

 

Por fim, comer com moderação e evitar ficar demasiado cheio (comer até ficar mal disposto sabem?), para que a digestão seja feita da melhor forma possível. Caso contrário temos apenas mais um erro cometido.

 

37E9D8AB-A38A-4FC0-93EE-25205E10AF18.JPG

 

Têm algum truque para emagrecer?

7 comentários

Comentar post