Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

Ter | 11.06.19

A Mulher do Camarote 10 de Ruth Ware

61AF1C97-C314-474C-ACC3-C06187D96E83.jpeg 

 

A Mulher do Camarote 10 foi livro fácil e rápido de ler, com um estilo semelhante a Agatha Christie, num cenário um pouco claustrofóbico em determinadas alturas, com uma componente psicológica bastante forte.

 

Nesta história há a dúvida constante durante todo o livro. Aconteceu ou não um crime? É isso que Lo, ou Laura Blacklock vai fazer de tudo para descobrir.

Esta jornalista é mandada em trabalho para um barco na inauguração do mesmo, mas a meio da noite ouve um barulho e vê um corpo a cair do camarote ao lado do seu. Mas será que viu ou imaginou? Não falta ninguém no barco, ninguém viu ou ouviu nada, e Lo está a ser medicada e está traumatizada com um assalto que ocorreu em sua casa antes de viagem.

Ninguém acredita nela, ela não tem forma de contactar o exterior, chega a um ponto em que fica numa situação muito complicada.

Achei que o ritmo poderia ser mais rápido em certos momentos, mas era importante para a história. Fiquei com vontade de ir lá ajudar a Lo, de tão sufocantes que alguns momentos eram. 

 

Como sempre não quero desvendar demasiado, mas posso dizer que o final é surpreendente, e mesmo na última página ainda há revelações a ser feitas.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.