Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

Suplementos que mudaram o meu corpo - Proteína em pó

Vocês pediram, pediram muito e eu resolvi fazer-vos a vontade. Em breve estará disponível aqui no blog um conjunto de posts chamados "Suplementos que mudaram o meu corpo", com todos os suplementos que tomo ou tomei e que mudaram o meu corpo para melhor.

 

Começo com um que quase toda a gente conhece, nem que seja de ouvir falar, e que é consumido por grande parte dos desportistas e por frequentadores de ginásio, a "proteína em pó". Para quem não sabe, a proteína em pó não é mais que proteína. Um dos macronutrientes de que o nosso organismo necessita para funcionar bem. Há sempre muita gente com dúvidas, principalmente os pais e avós, que vêem uma embalagem gigante com pó dentro e que dizemos "fazer crescer". Estranho portanto. Mas não, nada estranho. Pelo contrário. A proteína em pó ajuda na recuperação e crescimento muscular (massa magra).

Ao contrário do que se costuma ouvir a proteína não faz mal aos rins. Contudo, se estivermos a falar de alguém com problemas renais não é aconselhado a tomar, pelo contrário.

Obviamente, como tudo, não se pode exagerar. A dosagem média é de 30g de proteína diárias. Claro que há sempre excepções. Se se tratar de alguém que faz culturismo, por exemplo, a dosagem não será a mesma, no entanto o valor normal é esse mesmo.

 

Existem três tipos de proteína diferentes. A proteína isolada, a hidrolisada e a concentrada.

No que se refere à proteína isolada, esta é constituída por 90% de proteína, daí o nome, isolada. Esta serve para os intolerantes à lactose, ao contrário das outras duas.

Relativamente à proteína hidrolisada, é aconselhada a pessoas com alergia à proteína do leite de vaca. 

Por fim, a proteína concentrada é constituída por 55-80% de proteína e é a mais barata das três.

 

Não há qualquer motivo para se preferir a proteína isolada em vez de alguma das outras duas. Isto porque a diferença entre os níveis de hidratos de carbono são de aproximadamente zero gramas para a proteína isolada para 2/3g para as outras duas. Mesmo numa dieta restrita em hidratos de carbono não é por 3/4g de proteína a mais que uma dieta vai por água a baixo.

 

Como a diferença de preços entre as três é razoavelmente grande e nem todas as pessoas querem gastar muito ou têm disponibilidade financeira para tal, há que ter em conta este pequeno grande pormenor referido acima, acerca das diferenças entre elas.

 

Tenho ainda uma tabela para vos mostrar que pode ser bem elucidativa acerca do que escrevi até agora.

 

whey-protein-comparacao.jpg

 

Como podem perceber a diferença de valores não é muito considerável no que diz respeito a hidratos de carbono, que é o que mais preocupa os consumidores, no entanto, a diferença de preço é considerável.

 

 

Passemos então às proteínas que uso e que mudaram o meu corpo. Para todas elas coloquei o link directo abaixo da imagem para a embalagem pequena, existindo contudo embalagens bem maiores e que acabam por compensar em termos de preço caso optem por comprar duas pequenas. Ou seja, duas pequenas são mais caras que uma grande com mais quantidade.

 

 

 

optimum-nutrition_100-whey-gold-standard-2-lbs-908g_1.jpg

100% Whey Gold Standard 2 lbs (908g)

 

O sabor chocolate-menta é dos melhores de sempre e esta é, para mim, uma das melhores proteínas do mercado. Sabe ao chocolate after eight, nem mais nem menos. Muito fácil de tomar, de dissolver, não enjoa facilmente,... Gosto mesmo.

 

 

 

scitec_zero-sugar--zero-fat-isogreat-2-lb-900g_1 (2).jpg

 Zero Sugar / Zero Fat Isogreat 2 lb (900g)

 

Da Scitec penso que já provei quase todos os sabores. No caso desta proteína zero açúcares, os sabores cappuccino e laranja fizeram parte da minha suplementação durante muito tempo. É uma proteína bastante doce e nunca comprei o tamanho grande exactamente por isso.

 

 

 

scitec_100-whey-isolate-154lb-700g_1 (1).jpg

100% Whey Isolate 1,54lb (700g)

 

Baunilha, morango e chocolate foram as que fizeram parte da minha vida. A proteína é boa e mistura-se bem, tal como a de cima. Optava, quase sempre, por tomar com bebida de soja ou água.

 

prozis-sport_100-real-whey-isolate-1250-g_1.jpg

 100% Real Whey Isolate 1250 g

 

É uma das que tenho em casa neste momento. Tem sabores muito bons e variados. A de chocolate caramelo e a de pudim de caramelo são as favoritas. Nos batidos ficam realmente saborosas, e acabam por ser diferentes dos três sabores (chocolate, morango e baunilha) que todas as proteínas têm, e que mais comummente se vêem no mercado.

 

prozis-sport_100-whey-prime-20-1250g_1.jpg

 100% Whey Prime 2.0 1250g

 

Esta proteína contém um nível de BCAA´s e Glutamina considerável, sendo portanto muito rica. No entanto se se tratar de alguém que aumenta a massa muscular muiiito facilmente e que não quer ficar muito inchado não é a que mais aconselho. Para homens ou meninas com dificuldade em ganhar massa é ideal

 

 

 myvegies_100-vegetable-protein-4lbs-1814g-new-series_1.jpg

MyVegies - 100% Vegetable Protein New Formula 4lbs (1814g)

 

A que mais consumo no momento. É vegetal, é amiga do ambiente e dos animais e eu adoro! Tenho a de baunilha, morango, chocolate e bolacha e nata. Pessoalmente adoro todas. Depende do dia e do objectivo. Adoro a de bolacha e nata para fazer panquecas. Adoro a de morango para fazer batidos fresquinhos. A de chocolate fica maravilhosa em bolos e brownies, uso imensas vezes. A de baunilha é a neutra, que dá com tudo e para tudo. Bebo com bebidas vegetais ou água, depende dos dias, não tenho uma regra, e gosto bastante.

 

myvegies_100-soy-protein-new-formula-2-lbs-900-g_1.jpg

MyVegies - 100% Proteína de Soja Nova Fórmula 2 lbs (900 g) 

 

Para terminar, a proteína de soja também da MyVegies é a que tenho em casa em amostras (samples) e que vão comigo para todo o lado. Neste momento não tenho nenhuma embalagem grande portanto as amostras dão imenso jeito. Na carteira, na mochila do ginásio, na cozinha, tenho sempre uma amostrinha que mais não é que um scoop (medida das proteínas em pó) e que neste caso equivale a 30g de proteína em pó, 22,8g do macronutriente proteína, mas este valor difere de proteína para proteína.

 

 

Não tenham receio de experimentar. Caso houvesse o azar de não gostarem do sabor havia uma infinidade de coisas que podiam fazer com elas. Panquecas, misturar nos batidos, nas mousses, bolos, fazer bolos de caneca, biscoitos, colocar na manteiga de oleaginosas,... Imaginação no topo que o céu é o limite.

 

Contem-me o que mudou o vosso corpo e esperem pelos restantes posts acerca desta rúbrica. Vão ficar surpreendidos!