Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

Quinoa

Pois bem, no dia em que dei a conhecer o meu blog ao Mundo tive oportunidade de ouvir a opinião de algumas pessoas. Entre elas, uma grande amiga, sugeriu-se colocar posts relacionados com a informação de um alimento menos conhecido, ou até menos utilizado no dia-a-dia. A Quinoa foi o sugerido por ela, e aqui está.

Vou tentar escrever da forma mais simples e precisa possível, de modo que quem leia fique com uma noção concreta do alimento.

Podia ir a um site copiar o que lá encontrasse que era muito mais fácil para mim, mas não seria a minha abordagem do tema, nem teria o mesmo efeito em quem está a ler.

Por vezes o que encontramos em certos sites só confude ainda mais, não só pela complexidade da escrita, mas também devido aos termos que raramente ouvimos falar e nem fazemos ideia do que são.

Assim, a informação que transmitirei baseou-se em pesquisa, estudo e no meu conhecimento do tema em questão.

A Quinoa é considerada um pseudo cereal, ou seja, possui os mesmos nutrientes dos cereais, como arroz e trigo, mas as suas características de plantação e crescimento são diferentes.

Rica em vitaminas, proteínas, minerais, fibras, fonte de cálcio, ferro e ácidos gordos, como o ômega 3 e 6, a Quinoa é por isso muito completa.

Este alimento tem um alto valor biológico, ou seja, possui os aminoácidos essenciais para que o nosso corpo funcione corretamente, melhorando o funcionamento intestinal, regulando o colesterol e até o açúcar do sangue.

A Quinoa tem um sabor muito suave, sendo por isso muito fácil de introduzir na alimentação. Ela pode acompanhar qualquer prato, sendo um óptimo substituto do arroz.

Em Portugal é possível encontrar Quinoa na Área Viva dos Hipermercados. 

O seu preço é superior ao de outros cereais, mas é uma óptima opção para uma refeição diferente.

Deixo uma imagem de uma embalagem de Quinoa tal como aparece nos Hipermercados, caso nunca tenham visto.

 

transferir.jpg

 

 

Se não experimentaram ainda vão a tempo.

2 comentários

Comentar post