Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

O que comer no pré e pós treino

No outro dia uma amiga muito querida sugeriu-me escrever um post sobre o que comer antes do treino.

E assim o farei, mas irei completar com o que comer no pós treino.

 

Muitas são as pessoas que têm dúvidas quanto a este tema, o que é perfeitamente normal.

Nem sempre é fácil saber o que nos faz melhor antes e depois de treinar.

 

As dúvidas são várias. Ou achamos que vamos ficar muito cheios, ou pensamos que é pouca quantidade, ou que são muitos hidratos, ou comemos há uma ou duas horas e nem nos apetece comer nada, então não sabemos se devemos comer ou não...

 

Antes de um treino, idealmente, de meia a uma hora antes, deve comer-se alguma coisa para o corpo ter a força e energia de que necessita. 

O pré treino vai depender de muitos factores que não poderei ter em conta individualmente para elaborar o post, caso contrário seriam muitas as possibilidades de resposta.

Posso referir que factores como o sexo, idade, peso, altura, estilo de vida, tipo de treino e objectivo fazem com que o pré e pós treino variem de pessoa para pessoa. Ou seja, o que eu como pode ser bom para mim e dar-me a energia de que preciso para um treino elaborado de acordo com o que pretendo, mas não ser o ideal para outra pessoa. 

 

Assim, os pré treino devem conter, essencialmente, hidratos de carbono de absorção rápida, como pão, cereais ou até sumos de fruta combinados com cereais (como a conhecida aveia).

Para quem treina depois de almoço ou jantar, as massas, arroz, batatas, quinoa e soja, são óptimas opções a ter em conta.

Se não tivermos muito tempo para comer antes de um treino o ideal é comer hidratos de carbono de absorção rápida, porque vão dar ao corpo a força de que precisa.

 

Em relação aos pós treino, devem também ser, preferencialmente até de meia a uma hora depois do esforço físico.

Estes devem conter proteína, como ovo, iogurte, leite, queijo ou peixe, vitaminas, como fruta e/ou legumes, e/ou hidratos de carbono, como os referidos anteriormente (tudo isto, repito, depende do objectivo e necessidades de cada um).

 

Contudo, não significa que antes ou depois de um treino se coma, por exemplo, só pão, ou apenas fruta.

Pode e deve combinar-se mais do que um alimento, de forma a ficar uma "mini refeição" mais completa a nível nutricional.

 

 

Espero ter ajudado!