Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

#esefosseeu

Andava eu sem fazer nada de jeito pelo facebook e apercebi-me de uns vídeos dos quais não tinha conhecimento, acerca de refugiados. É feita a questão "e se fosse eu?", se fosse eu refugiado, se fosse eu a ter de fugir do meu país apenas com uma mochila às costas. A questão é feita a variadíssimas personalidades da televisão, da política, das artes e várias são as respostas. Vi alguns dos vídeos da reportagem #esefosseeu, um dos quais que me deixou a pensar "o quê?? isto é a sério?? está a gozar certo??". Ao início nem estava a perceber. Vi o vídeo da Joana Vasconcelos, foi o primeiro vídeo que vi deste "desafio" e fiquei estupefacta com a resposta. Se não lesse o cabeçalho ficava a achar que a Joana Vasconcelos ia passar umas férias às Caraíbas em vez de se pôr na posição de alguém que se prepara para fugir do país. Tudo bem que isto de fora é tudo muito bonito... Mas nem tanto vá. 

Passemos lá ao vídeo.

 

 

 

Então a nossa querida Joana Vasconcelos deu umas repostas que achei um bocado parvas. Começando pelo fim. Levaria agulha e "as lãs" para "qualquer eventualidade". Mas que eventualidade há quando se foge do país? Eu nunca estive nessa situação mas certamente não me passaria pela cabeça levar um enxoval de costura às costas, literalmente, já que a ideia é mesmo UMA mochila, e não um conjunto giro de malas Louis Vuitton.

 

Outra coisa interessante, Ipad, Iphone, I, I, I. Acho que bastaria um não? Porque não levar o Mac também? Assim como assim cabe tudo...

 

"Tooodas as minhas jóias portuguesas" para aquelas festas que os refugiados dão? Para se enfeitar em alto mar? Para quê??? Não percebi.

 

"Os meus óculos de sol"?? A sério!? E roupa? E comida? E água? E um livrito para ler? E um bocadinho de bom senso? Ahhh isso não. Já não cabia na mochila provavelmente...

1 comentário

Comentar post