Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

"Barriga chapada"

Se há coisa que a maioria das pessoas quer é ter uma barriga bonita. E não é só ser bonita, é firme, sem gordurinhas. A "barriga chapada" é desejo de muitas pessoas, mas nem sempre é possível, devido a factores como a alimentação ou a prática errada de exercício físico.

Dificilmente uma pessoa terá uma barriga sem gorduras se comer de forma desequilibrada, sem regra nem horários (por vezes acontece, mas tem a ver com a genética e/ou metabolismo muito acelerado).

 

A barriga com pouca gordura é quase sinónimo de saúde e de bem-estar. Para conseguir a barriga de sonho não basta comer bem. Não não, meus amigos! Até podemos comer muito bem e continuar com aquela gordurinha que persiste em ficar ali alojada.

 

É por isso que venho falar de treino que ajuda a queimar as gorduras abdominais e, assim, "perder barriga".

Certamente muitos "leitores" (tenho leitores?!?) praticam exercício físico, seja em ginásios ou outdoor, seja futebol com os amigos ou umas corridinhas de vez em quando à beira mar. Este post é para todos!

Se ainda não praticas desporto levanta-te do sofá que já estás atrasado! (um dia escrevo um texto motivacional, hoje ainda não). Praticar desporto não é só uma questão de beleza e de ego no topo, é uma questão de saúde pública!

 

Quantas vezes chegamos ao ginásio (vou falar do ginásio neste caso) e as máquinas de cárdio estão repletas? Pois bem, acontece muitas vezes.

Quando uma pessoa se inicia na prática de exercício físico, é normal que nos primeiros meses de treino faça exercício aeróbico, e se o fizer sempre a ritmo moderado pode, efectivamente, gerar resultados ao nível da queima de gordura e aumento da capacidade física.

Mas quando o corpo se começar a adaptar a esse estímulo os resultados vão ser muito poucos. É por isso necessário fazer treinos de intensidade. 

 

Quando a pessoa começa a ver que os resultados não aparecem, normalmente, decide aumentar o tempo que faz o exercício.

Por exemplo, se corria 30 minutos decide começar a correr 40, mas o que devia fazer era aumentar a intensidade do exercício. Sob a forma de exemplo posso dizer que, em vez de fazer 30 minutos de corrida ao mesmo ritmo, ou até 40, deveria "jogar" com a inclinação, aumentando e diminuindo. Outra forma seria aumentando e diminuindo a velocidade, tornando o treino mais difícil e saindo da zona de conforto.

 

Este é o chamado treino de alta intensidade (HIIT - High Intensity Interval Training), que consiste em alternar o período de exercício entre intensidades moderadas e altas. O treino intervalado de alta intensidade é, também, mais eficiente e mais eficaz.

 

HIIT_main.jpg

 

O HIIT pode ser executado de diversas formas. Há quem intercale 1 a 2 minutos de treinos leves com 30 a 60 segundos de exercícios de alta intensidade. Outras pessoas treinam em alta intensidade por 1 minuto e descansam 30 segundos. Podem escolher o que é melhor e mais se adapta ao vosso corpo e condição física. 

 

Assim, esqueçam as horas intermináveis na passadeira. Escolham um tipo de treino mais eficiente, quer em termos de resultados quer em termos de tempo. Se existe uma forma de melhorar a condição física e perder gordura mais rápido e em menos tempo, por que não utiliza-la?

 

Começar com uma intensidade moderada é o segredo. Depois, vai-se aumentando a dificuldade do exercício, tendo sempre bons resultados. 

 

 Já treinaram hoje?