Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

GO CAROL

BEM-ESTAR, FITNESS, COZINHA OVOLACTOVEGETARIANA E A MINHA VIDA NO GERAL (E ÀS VEZES NO PARTICULAR)

#3meseseéverão vai começar!

E com o fim do mês de Março também se dá por terminado o desafio de #marçosemgordice. Mais de duas mil e trezentas fotografias foram partilhadas com este hashtag no Instagram. A cada uma dessas pessoas um muito obrigada por ter feito deste desafio um sucesso! 

Mas os desafios não ficam por aqui!! Gostava muito que continuassem a fazer o que tão bem fizeram o mês passado. Alimentarem-se bem e fazer exercício. Quem ainda não começou está à espera de quê? Este é um óptimo incentivo para vocês. Vamos fazê-lo juntos! É muito mais fácil acreditem! Quando precisarem de incentivo ou ideias basta irem ver o que as pessoas andam a fazer. É muito simples, e, além de motivar, inspira!

Desta vez o nome do desafio é outro. #3meseseéverão! É este o hashtag no Instagram que devem utilizar nas vossas publicações para que todos possamos acompanhar o desenrolar deste desafio.

Posso contar com vocês?

 

Bolonhesa de Soja

Fiz uma receita maravilhosa, modéstia à parte. Ainda não tinha feito esta combinação mas ficou muito boa. Então é o seguinte, Quinoa com Bolonhesa de Soja. Podia ser esparguete com a bolonhesa mas preferi fazer uma coisa diferente e ficou deliciosa.

Passo a dar a receita da Bolonhesa de Soja e depois explico como fiz o resto.

 

Para a bolonhesa (dá para duas pessoas), precisam de:

- 4 colheres de sopa de soja fina ou granulado de soja

- 600ml de água

- Polpa de tomate ou 1 tomate picado

- Especiarias a gosto (usei piri piri, salsa e pimenta)

 

Coloca-se a soja fina numa panela com água, durante cerca de 10 a 12 minutos em lume médio até cozer.

Quando estiver cozida escorrem a água e juntam a polpa de tomate e as especiarias.

Se optarem pelo tomate picado podem fazer o molho à parte e juntar à soja, depois de terem escorrido a água. 

Podem comer com esparguete, com arroz, quinoa ou apenas salada.

 

Como disse, optei por acompanhar com quinoa. Fiz da seguinte forma, coloquei 4 colheres de sopa de quinoa numa panela com água a cozer sem azeite nem sal, mas podem usar.

Quando ficou pronta juntei a bolonhesa de soja, coloquei umas azeitonas e um queijo babybel.

Podiam colocar ainda ou substituindo as azeitonas, cogumelos ou legumes salteados, que também fica óptimo.

 

Em alternativa podiam fazer tudo junto, ou seja, podiam cozer a soja e a quinoa com as especiarias na mesma panela.

Quando tivesse pronto escorriam a água e juntavam a polpa de tomate e as azeitonas/cogumelos/legumes salteados ou outros alimentos que quisessem.

 

Fiz das duas formas e resulta sempre.

Desta vez acompanhei com salada.

IMG_3957.JPG 

Bombom da Páscoa

Páscoa a chegar, e com ela os doces típicos.

Confesso que além das amêndoas não me lembro de comer mais nenhum doce, por isso as minhas ideias a este nível não estão grande coisa. Mas como gosto é de coisas docinhas aqui ficam uns bombons óptimos, não só para esta altura do ano.

Chamei-lhe Bombom de Páscoa porque têm amêndoas, porque o nome podia ser outro qualquer.

 

E para 6 bombons só precisam de:

- Quatro quadradinhos de chocolate com 70% de cacau (se usarem com mais percentagem fica mais amargo, se usarem com menos fica mais doce, é ao vosso critério)

- Um pouco de leite (o suficiente para derreter o chocolate. Usei Leite de Amêndoa mas podem usar o que quiserem)

- Seis colheres de café de Manteiga de Amendoim

- Seis amêndoas

 

Coloca-se o chocolate com o leite no microondas de 40 segundos a 1 minuto para derreter. Seguidamente mexe-se para ficar mais derretido e misturado com o leite. Se usarem muito leite vai ficar mais liquido, por isso vai dar para mais bombons, se usarem menos leite vai ficar com sabor mais intenso, o que também é ao vosso critério

Põe-se o chocolate em formas de silicone, sendo que a camada de chocolate deve ser fina, ou seja, mais ou menos meia colher de sopa em cada bombom.

Mais uma vez, se quiserem que fiquem bombons maiores coloquem mais chocolate.

Depois coloca-se uma colher de café de manteiga e uma amêndoa em cada bombom.

Vai ao congelador cerca de 2 horas para solidificar. Também pode ir ao frigorífico, mas dependendo da quantidade que coloquem no bombom pode solidificar ou não. 

 

IMG_3852.JPG

IMG_3847.JPG 

Doce de Leite ou Leite Condensado Fit

E vem aí uma receita de... Doce de Leite!!! Fit claro! Por esta não esperavam! Já havia publicado a fotografia há umas semanas mas ainda não tinha tido oportunidade de colocar a receita. Então vamos lá.

 

Para cerca de três colheres de Doce de Leite (sim, fica pouca quantidade) precisam de:

- 500ml de Leite 

- 2 colheres de sopa de Geleia de Agave

- 3 colheres de sopa de Stevia em pó

 

Coloquem o Leite numa panela durante uns minutos (5 mais ou menos) para levantar fervura (coloquem no nível 7 mas é preciso cuidado para não transbordar). Em seguida juntem a Stevia e a Geleia de Agave. Se não tiverem Geleia podem usar apenas Stevia mas em vez de 3 colheres de sopa coloquem 4.

Mexam para não agarrar. Coloquei no nível 5/6 durante meia hora, mais ou menos, até ficar com uma cor mais amarelada.

É preciso muita paciência e ir mexendo sempre senão fica tudo colado. Se ficar com muitos gomos ou nata podem passar com a varinha mágica ou liquidificador para ficar mais líquido. Podem comer de imediato.

O aspecto na fotografia não é nada de mais, mas esperem até provar!!

IMG_2641.JPG 

Feijoada de Quinoa

Vem aí mais uma receita de uma refeição. Simples, claro!

A receita dá para dois pratos.

 

Para preparar a feijoada:

- 1 lata de Feijão das médias

- 1/2 lata de Cogumelos das médias

- 2 colheres de sopa de Azeitonas

- Especiarias a gosto (usei piri piri e salsa)

- 3 colheres de sopa de polpa de tomate ou 1 tomate picado

- 7 colheres de sopa de Leite de Amêndoa ou de molho de soja (opcional) 

 

Para preparar a Quinoa:

- 4 colheres de sopa de Quinoa

- 500ml de Água

- Especiarias a gosto (usei pimenta)

 

Numa panela colocam todos os ingredientes para "a feijoada" e noutra todos para preparar "a quinoa".

Vão mexendo sempre para não colar e em cerca de 10/12 minutos está pronto (coloco sempre no nível 8/9 na placa mas podem pôr em lume brando). 

Quando a quinoa estiver cozida tiram da panela e juntam "à feijoada". Voltam a mexer e está pronto a servir.

Acompanhei com salada mas pode perfeiamente ser comido sem mais nada.

 

IMG_3867.JPG

A Manteiga de Amendoim

Por vezes surgem dúvidas acerca da Manteiga de Amendoim e se realmente é saudável.

Na realidade sim!

A manteiga de amendoim é rica em nutrientes, como proteínas, cálcio, cobre, potássio, magnésio, vitamina B3, vitamina E e gorduras monoinsaturadas, o que dá muita energia ao organismo e é benéfico para os músculos. 

As gorduras monoinsaturadas na manteiga de amendoim estão associadas à diminuição no risco de doença cardíaca.

Os amendoins contêm ainda fibras, por isso uma dieta que inclua este alimento ira reduzir o mau colesterol (LDL). A proteína e fibra na manteiga de amendoim são benéfica para o controle de açúcar no sangue.

É ainda uma boa fonte de ferro, ajudando a manter a circulação. 

E agora? Ficaram tentados a provar?

Mousse de Papaia

Vem aí mais uma mousse! Contentes não? Bem, a receita da mousse que vou dar hoje (de papaia) já se encontra no blog, contudo está num post onde existem várias receitas de mousses, o que dificulta a pesquisa. Resolvi por isso colocar aqui, mais uma vez, mas de forma individual. 

 

 

Então é a receita é a seguinte (para uma pessoa):

- Uma papaia pequena

- 200g de queijo quark ou iogurte grego ou leite/bebida vegetal - para a receita ficar totalmente vegan basta optar por uma das possibilidades vegetal

- Canela a gosto (opcional)

- Uma colher de café de goma de xantana ou uma folha de gelatina incolor

 

Colocar no liquificador até ficar triturado e misturado. Se optarem pela folha de gelatina incolor dissolvam-na primeiro em água, coloquem 10 segundos no microondas e está pronta a misturar. Depois juntem ao resto dos ingredientes e voltem a bater. 

O topping é à vossa à escolha, eu optei por bagas de goji, sementes de cânhamo e amendoins.

 

IMG_2073.JPG 

Barrinhas de Sésamo e Mel

Como já devem ter percebido o que eu gosto mesmo de fazer é mousses, barras, granola, biscoitos e coisas a puxar para a gulodice, então resolvi partilhar mais uma receita. Uma não, duas!! Já vão perceber.

Desta vez resolvi colocar a versão com e sem chocolate no mesmo post para ser mais simples.

Então a primeira cá vai.

 

 

Precisam de: 

- 200g de sementes de sésamo 

- 3 colheres de sopa de mel 

- 1 colher de sobremesa de canela (opcional)
 
 
 

Colocam-se as sementes  numa frigideira a torrar cerca de 5 minutos. Pré aquece-se o forno a 250º e, enquanto isso, junta-se o Mel e volta-se a envolver.

Coloca-se num tabuleiro grande ou já em forma de barrinha, como preferirem. Vai ao forno por 7/10 minutos e está pronto (cuidado para não queimarem)!  Deixem arrefecer uns minutos que ainda vão solidificar um pouco.

Se conseguirem fazer muuuuuuuuuuito fininhas ficam assim
 

IMG_2990.JPG

 

Caso contrário podem fazer mais grossas e até fica granola.
 
 

 IMG_3012.JPG

 

Se quiserem fazer a mesma receita mas com chocolate precisam de, além dos três ingredientes acima referidos, de 2 a 4 quadradinhos de chocolate, preferencialmente com mais de 75% de Cacau.

Repetem o processo de cima e quando colocarem na travessa o preparado põem os quadradinhos de chocolate por cima ou envolvem. Vai ao forno a 250º na mesma, cerca de 7 a 10 minutos.

Se for necessário aos 5 minutos abram o forno e envolvam para não queimar.

IMG_3013.JPG 

Pimento recheado

Pediram receitas de refeições? Então preparem-se! Hoje deixo uma daquelas simples do costume, em em pouco tempo está pronta sem dar trabalho nenhum. 

 

Passemos então aos ingredientes (para 1 pessoa):

- 1 Pimento (qualquer um)

- 1 lata de Cogumelos das mais pequenas

- 2 colheres de sopa de Azeitonas

- 1 Queijo fresco, ralado ou outro à vossa escolha (opcional) - para a receita ficar vegan basta retirar da receita

- 2 Claras ou 1 ovo - para a receita ficar vegan basta retirar da receita

- Orégãos q.b

- Pimenta/Piri piri q.b

 

Colocam o pimento partido a meio no forno a 250º durante 15 minutos para assar. Seguidamente retiram e colocam os cogumelos, as azeitonas as claras e as especiarias.

Não precisam de bater claras nem grelhar/assar nada antes, vai tudo cru mesmo.

Se optarem por usar o ovo inteiro podem mexer o ovo com um garfo antes ou abri-lo directamente dentro do pimento sem bater.

Vai ao forno durante 10 minutos a 250º novamente e, em seguida, abrem o forno e colocam o queijo de forma a gratinar. Também o podem colocar na altura em que juntam todos os ingredientes, havendo contudo a possibilidade do ovo não cozinhar totalmente se tirarem antes do tempo.

Retiram e podem comer de imediato.

 IMG_3531.JPGIMG_3536.JPG

 

 Também fiz a opção sem as claras. Fica com um aspecto semelhante.

  IMG_3534.JPG

 

Já aqui dei as sugestões seguintes para outro prato mas também podem usar neste:

- Atum com Cogumelos, Claras e Queijo Babybel (ou sem ele) e as especiarias acima referidas;

- Atum e Queijo, sempre com especiarias para dar mais sabor;

- Cogumelos, Espinafres, Queijo Babybel (ou sem ele) e as especiarias;

- Claras, legumes e as especiarias referidas;

- Cogumelos, Legumes e especiarias;

- Grão de Bico (inteiro ou partido) e as tais especiarias;

- Feijão Frade (inteiro ou partido) com especiarias.

Barriga inchada

Já aqui falei em como diminuir a barriga inchada neste post, contudo as dúvidas persistem.

Andei a pesquisar para não voltar a dizer o mesmo, e existem mais alimentos que podem inchar do que pensava.

Alimentos como o feijão, ovos, leite, batata, milho, farelo de trigo, cereais, brócolos, espargos, alho, repolho, bebidas gaseificadas e couve-flor podem, de facto, inchar a barriga.

Se consomem algum destes alimentos pode estar aí a causa. Mas não significa que seja por causa de algum deles.

Também existe intolerância a nível de açúcares, como a frutose, existente nas frutas, e o sorbitol existente em certos doces e gomas sem açúcar.

A doença celíaca é ou pode ser outra causa. Quando existe intolerância ao glúten, proteína existente em pães, bolos, cevada, trigo, entre outros, uma das reacções do organismo é a dilatação da barriga, o que causa bastante desconforto.

A intolerância à lactose, que ocorre quando o corpo tem dificuldade em digerir o açúcar encontrado na maioria dos produtos à base de leite ou questões genéticas, muitas vezes esquecidas, também podem estar na origem do problema.

Outra possível solução é gordura acumulada. Se existir gordura na zona abdominal é natural que a barriga pareça mais inchada, mas pode ser apenas gordura. O uso de sal deve ser por isso diminuído, ou mesmo excluído da alimentação, já que causa retenção de líquidos. Deve dar-se preferência a especiarias ou ervas aromáticas.

Assim, para acabar com a barriga inchada, primeiro é necessário saber a causa do problema. Não podemos retirar tudo da alimentação sem saber o que nos faz mal. Temos de ter a certeza e aí sim, retirar o alimento em questão. Quando tivermos certeza da fonte do inchaço aí sim podemos mudar hábitos e atacar o problema.

Pág. 1/6